Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Entenda a febre chamada de Sertanejo Universitário

Agora você vai entender por que o Sertanejo Universitário virou uma febre nos bares e shows pelo país. Vamos mostrar aqui alguns motivos que levou o Sertanejo a dominar as paradas de sucesso, por que esse ritmo ganhou o coração de muitas pessoas e como já está a tanto tempo com sucesso absoluto.

Você é o tipo de pessoa que frequenta bares e shows de sertanejo? Vai para o show com intenção de beber com os amigos ou para dançar e conhecer pessoas incríveis? 

Muitas pessoas frequentam lugares onde se toca Sertanejo e 6 em cada 8 pessoas adoram o Sertanejo Universitário para Dançar. 

Nunca, pelo menos nos últimos 50 anos, um único estilo musical foi tão dominante na música popular quanto a atual mistura do caipira com pop rock. Isso gruda mais que chiclete rs

A música Sertaneja surgiu na década de 20, quando o pesquisador, compositor, escritor e humorista, Cornélio Pires, decidiu espalhar os costumes caipiras em forma de música e encenações teatrais para os outros cantos do Brasil. Ele difundiu a música por vários Estados do país e bancou do próprio bolso o dinheiro para gravar um disco, que logo após ser lançado, esgotou-se nas lojas pela grande procura.

Nesta época, o gênero era conhecido como música caipira, pois as letras tratavam sobre a beleza da natureza e romântica da paisagem, além do modo de vida do homem do interior e do homem da cidade. Atualmente, esse gênero é conhecido como música sertaneja raiz, já que suas letras enfatizam o cotidiano e maneira de cantar.

Já o Sertanejo Universitário surgiu no final dos anos 90, quando os jovens que começaram a sair do interior rumo às principais capitais do Brasil para estudar, traziam a cultura rural para a capital. Em sua grande maioria filhos de fazendeiros e agrônomos, aos poucos, conquistaram sua turma com o gênero Sertanejo e foi neste período que começaram a surgir as primeiras duplas ou bandas e a lotar as poucas casas Sertanejas disponíveis na época.

Hoje o Sertanejo Universitário é uma tendência entre os jovens e até mesmo os cantores Sertanejos tradicionais renderam-se a esse estilo musical alegre e animado. É assim chamado também pelo fato dos cantores serem, na sua maior parte, jovens, como o exemplo de Michel Teló, Luan Santana e Gusttavo Lima que trazem letras mais simples e que, geralmente, falam sobre baladas e viver aventuras amorosas.

Essa música trouxe também algumas inovações na dança e todo mundo não quer ficar de fora na hora de dançar em algum evento. Por isso o melhor a se fazer é aprender a dançar Sertanejo Universitário para arrasar na pista.

O sertanejo é música do passado? Pelo contrário do que a maioria das pessoas pensam o sertanejo é um ritmo muito atual que leva milhões de pessoas para os shows e quem dança tem muita vantagem em relação a quem não dança.

Imagine você em uma simples dança poder ter uma conversa com aquela gata ou gato sem constrangimento? Um fato é que onde toca sertanejo está repleto de gente bonita e dançar é uma arma poderosa para conhecer pessoas interessantes e se divertir.

Dançar Sertanejo Universitário é incrível, fora que quando você dança tem um destaque e é notado na balada. Por isso todo mundo quer aprender dançar o Sertanejo Universitário!

Além disso o Sertanejo Universitário é uma febre porque um cantor ajuda o outro a conquistar mais sucesso e isso ajuda a tornar o Sertanejo tão viral.

Está esperando o que para começar a fazer aula de Sertanejo e se destacar neste mundo incrível? Entre em contato para fazer sua matrícula agora mesmo!

Compartilhe esse post:

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn